Um Espaço dos Jovens para os Jovens....

Dá voz às tuas ideias!
um blog orientado pela Dueceira-Associação de Desenvolvimento do Ceira e Dueça
e co-financiado pelo Programa Leader+ELOZ. Entre LOusã e Zêzere

2008-03-11

Vamos construir um Projecto… O NOSSO!... a sessão OITO

A exemplo de anos anteriores pretendíamos que os alunos realizassem acções de solidariedade junto dos mais idosos, as aclamadas “Campanha do Sorriso”. Para tal, era necessário o seu planeamento e para tal os nossos jovens precisavam de saber elaborar um projecto, ou seja,

“um plano para a realização de um acto”

Além de salientarmos a importância de uma boa fase de preparação do projecto, aproveitámos para identificar as suas principais fases (concepção, planeamento e execução).
Neste processo, para uma maior diversidade de ideias, dividimos as turmas em vários grupos e colocámos as perguntas:
O quê?
Tratar-se-ia de uma visita de solidariedade, por um lado, de cidadania, por outro

Porquê?
As respostas dadas referiam-se às razões que levavam os alunos à sua profilática acção

Para quê?
Para através de um gesto de solidariedade levar um sorriso, uma palavra amiga e de esperança, e proporcionasse conforto a quem a pudesse escutar

Para quem?
De um modo geral, optaram pela população mais idosa da sociedade, visto ser esta aquela que, hoje em dia, se vê sozinha e privada de carinho

Onde?
A uma instituição local que, reconhecidamente, teria utentes receptivos a uma gesto por parte dos nossos alunos

Como?
As ideias surgiram em catadupa: cantigas do tempo em que os idosos eram jovens, como por exemplo, “Laurindinha”, “Malhão Malhão”, “Ponha Aqui O Seu Pézinho”, “Alecrim”, entre tantas outras; e ainda contar adivinhas, provérbios, anedotas; e até peças de teatro algumas turmas resolveram ensaiar...

Quando?
Estava programada para a sessão nº. 13,
no horário habitual das sessões d’ “A Hora da Controvérsia”

Com quem?
Toda a turma, obviamente, estaria envolvida no cumprimento da tarefa

Quais os meios?
Para o bom funcionamento das actividades seleccionadas,
teríamos que pensar nos recursos materiais correspondentes

Será este o caminho?
Recapitulando todos os passos, iríamos conferir se estavam reunidas
as condições necessárias para a execução da campanha.

Assim, aspirávamos que, no desfecho da sessão, através de um exercício de solidariedade junto das suas comunidades, os nossos jovens pudessem demonstrar toda a sua valia e, de uma forma desinteressada, abnegada e carinhosa, pudessem proporcionar um sorriso a quem lhe sente a falta...

1 comentário:

marli disse...

samoel, se vieres ao blog, lê isto:
a jardinagem 1 nao pode ir ao encontro das escolas, porque os meus colegas fizeram porcaria...
espero que dez noticias, o meu mail é marligodinho25@hotmail.com se quiseres o meu numero é 915172652