Um Espaço dos Jovens para os Jovens....

Dá voz às tuas ideias!
um blog orientado pela Dueceira-Associação de Desenvolvimento do Ceira e Dueça
e co-financiado pelo Programa Leader+ELOZ. Entre LOusã e Zêzere

2006-04-28

"Nós e o Ambiente" – foi o tema proposto no 3º. Módulo

Entre 20 de Fevereiro e 17 de Março decorreram as três sessões subordinadas ao tema "Nós e o Ambiente".

Desta feita, o desafio foi lançado à Lousitânea – Liga de Amigos da Serra da Lousã, tendo ficado a cargo desta entidade -cujos membros trabalham em regime de voluntariado- dinamizar as diversas sessões. Coube ao José Pais, à Sandra Marques, ao Fernando Romão e ao Valdemar acompanhar e animar os nossos jovens no seu:

"Despertar para a Natureza”, sessão na qual através de pequenos passeios pedestres, puderam sentir o meio envolvente às suas escolas, aperceber-se de alguns impactos negativos, de alguns detalhes e curiosidades sobre a fauna e flora locais e essencialmente compreender que são elementos responsáveis por essa mesma natureza. Os passeios decorreram, consoantes as escolas, em diversos locais, nomeadamente:
  • em Figueiró dos Vinhos: à zona de lazer do Cabeço do Peão
  • em Pedrógão Grande: à localidade e zona fluvial do Mosteiro
  • em Miranda do Corvo: à localidade de Espinho
  • no Senhor da Serra: à mata localizada entre esta localidade e Semide
  • em Vila Nova de Poiares: ao Parque das Medas
  • na Lousã: à zona de mata junto ao Prado

"Dia-a-Dia Ecológico”, sessão de sensibilização para as pequenas atitudes quotidianas que fazem a diferença na preservação do ambiente. Foi uma sessão muito animada, em que os nossos jovens tiveram a possibilidade de demonstrar que ditam cartas neste assunto… entre informação, conversa e jogos falou-se de como ajudar a manter o nosso ambiente mais conservado, menos poluído e sobretudo mais harmonioso.

“Guardiães do Ambiente”, constituiu o tema da terceira sessão do módulo e nesta, os jovens tiveram uma participação muito activa na construção e colocação de ninhos, na plantação de árvores e na criação de um pequeno herbário. Com muita alegria -algumas escolas com alguma chuva também- a sessão decorreu e extravasou a actividade em si, uma vez que a partir dessa data todos ficaram responsáveis pelos
seus ninhos e árvores (os quais foram inclusivamente baptizados). Fica a promessa de, brevemente, apresentarmos os nomes que cada escola deu.


2006-04-15

Estamos de férias mas não paramos de dar noticias… BOA PASCOA!


Oias!!! Que tal estão a ser essas férias? Saudades da hora da controvérsia? Para a semana estamos de volta com mais actividades diferentes e divertidas para vos propor.

Tenho a dizer-vos que estar neste projecto, a trabalhar com todos vocês, tem sido um grande e bonito desafio! Semana após semana, vou conhecendo melhor cada um de vocês: as vossas características, as vossas ambições e perspectivas de futuro. Têm sido descobertas interessantes e muito positivas.

Gostava de saber como se têm sentido…durante as sessões… daí estes ovinhos (tão presentes nesta época festiva!!!) Como qual ovinho é que costumas estar a maioria das vezes??? Qual é o ovinho que te caracteriza melhor durante as sessões? Se passares por aqui deixa a tua sms… “tu como tás?” Fico a aguardar as vossas respostas… Conto convosco!

Até breve…

A vossa formadora e amiga…

Mª Sónia Ferreira


7ª SESSÃO – “UMA CAIXA PARA MUDAR O MUNDO” Eu Posso/ Nós Podemos Mudar o Mundo

Esta sessão foi dedicada a conhecer o “essencial” de cada um (identificação de códigos de identidade e de conduta).
Inicialmente foi proposto ás crianças e jovens a realização de um exercício. Cada um tinha que ir atrás de uma mesa ver algo que não podia contar ao restante grupo a não ser no final do exercício. O que cada um foi desafiado a ver e reflectir foi a sua própria imagem num
espelho.


Pretendia-se que cada um olha-se para si, para o seu interior, e pensa-se durante alguns m
omentos sobre o “mundo” ou diferentes “mundinhos” que o rodeia: a família, os amigos, a escola, a aldeia ou vila, todos estes pequenos mundos e todos os outros que estão à sua volta.


De seguida cada um foi levado a identificar pequenas atitudes do dia-a-dia que podem melhorar o “nosso” mundo. Para tal fizemos um pequeno jogo de mímica onde cada um transmitia por gestos sentimentos que todos temos e encontramos com facilidade no nosso relacionamento com os outros que nos rodeiam. Salientando a importância das atitudes de cada um, que tudo começa por cada um…


O objectivo desta sessão passava por fazer chegar aos jovens que tudo à nossa volta
é composto por imagens, formas de olharmos e sentirmos o mundo que nos rodeia… Cada um de nós tem a sua própria “caixa” onde guarda o essencial do seu mundo. O que é essencial para cada um? Quais os seus valores? Quais os que partilhamos com os outros? Quais as tuas atitudes que contribuem para melhorar o mundo, o de cada um e o dos outros? Cada jovem escreveu numa folha as atitudes que ia procurar mudar em si como um contributo para mudarmos este mundo…


Cada grupo escolheu um mundo para colorir a sua caixa e cada elemento escreveu atitudes que considerava que devia mudar em si como contributo para mudar o mundo. No final da sessão, houve uma partilha das atitudes escritas para mudar o mundo por parte de cada jovem, as quais foram afixadas numa cartolina.

É de salientar que os jovens de facto reflectiram sobre os diversos mundinhos que os rodeiam o que se traduziu nas atitudes que pretendem mudar em si. Aqui ficam alguns testemunhos…

“ SE TODAS AS PESSOAS FOREM TRANSPARENTES PARA O MUNDO, O MUNDO PODE SER UM MUNDO MELHOR; NÃO HAVENDO GUERRAS, NEM DISCUSSÕES, TODAS AS PESSOAS SERÃO AMIGAS."

“UM POUCO DO MODO DE EU PENSAR; NÃO JOGAR LIXO NO CHÃO; RESPEITAR A OPINIÃO E VONTADE DOS OUTROS; CUMPRIR REGRAS E NORMAS; ACEITAR AS PESSOAS COMO SÃO; NÃO SER MÁ PESSOA; SABER BRINCAR E SER RESPONSÁVEL NAS HORAS CERTAS."

“A MINHA TEIMOSIA E A MIM PRÓPRIO PORQUE QUERO SER MAIS RESPONSÁVEL, PARA CUIDAR DA MINHA VIDA. TAMBÉM TENHO QUE MUDAR AS MINHAS ATITUDES, PORQUE QUERO SER UMA PESSOA MAIS ESTUDIOSA, PARA ARRANJAR UM EMPREGO BOM."

6ª SESSÃO – SOMOS TODOS DIFERENTES

Nesta sessão demos o “pontapé de saída” para o IIº Tema do nosso projecto: “EU/NÓS E OS OUTROS” (as outras pessoas: família, colegas, professores, amigos, etc.). Dedicando esta sessão ao sub-tema “somos todos diferentes”.

Como introdução a esta questão foram realizados dois jogos pedagógicos com o objectivo de salientar, que os valores variam de acordo com as pessoas, consciencializando para as diferenças como importantes para as relações humanas entre as pessoas e o mundo que as rodeia.
Foi explorado o conceito de tolerância e disponibilidade para os outros, fazendo com que os diferentes grupos adoptassem atitudes tolerantes tais como: ouvir o outro, descobrir os outros, partilhar conhecimentos e integrar as diferenças. Foram momentos muito ricos de muita partilha e interacção entre todos os elementos das turmas.

De modo a estimular a capacidade de argumentação dos jovens e sobretudo, desenvolver a capacidade de empatia e respeito por diferentes opiniões, os jovens foram desafiados (simulação de uma situação real) a fazer uma viagem de balão, no qual ocorreu de repente uma fuga de ar. Nesta situação estavam em causa os interesses de várias personagens que colidiam entre si, gerando tensão.

Os jovens tinham que se colocar no lugar de diferentes personagens e assumir a opinião de terceiros, mesmo não concordando integralmente com o seu ponto de vista.
Surgiram personagens muito engraçadas e criativas o que revelou que temos jovens muito imaginativos e criativos...
Desde o Engenheiro do Balão”, ao “Deus”, a uma “Águia”, ao “Super-homem”, ao “Presidente da República”, ao “Piloto”, ás personagens dos “Morangos com Açúcar” ao “Papa” houveram personagens e argumentos para todos os gostos.

Aqui ficam alguns “flashes” desta sessão… escritos pelos jovens…

“ A diferença faz a união é bom ser diferente.”

“Saber o que os outros pensam de nós.”

“Aprender a divertir com os outros.”

“Foi muito interessante pois ficamos a saber melhor que não somos todos iguais e temos muitas diferenças entre uns com os outros.”

Foi muito importante, porque somos todos iguais (humanos) e todos diferentes por termos características diferentes.”

“Achei que serviu para mais uma vez perceberem que a falarmos vamos descobrindo como nós somos, e nos conhecermos melhor… Adorei.”

“Capacidade de defender os nossos argumentos.”

“È bom sermos diferentes porque assim trocamos experiências diferentes.”